Buscar
  • Dra Alyne Gabrielly Borges Corrêa

Glaucoma, melhor prevenir!

No glaucoma, o nervo óptico sofre perda progressiva de fibras nervosas, o que acarreta perda de campo visual de fora para dentro.


Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o glaucoma é responsável por aproximadamente 5,2 milhões de cegos no mundo – o que corresponde a 15% da cegueira mundial.

O glaucoma crônico é o tipo mais frequente e acomete principalmente pessoas acima de 35 anos. Normalmente não há dor, e os sintomas só costumam aparecer em fase avançada, isto é, o paciente não nota a perda de visão até vivenciar a "visão tubular", que ocorre quando há grande perda do campo visual (perda irreversível). Se a doença não for tratada, pode levar à cegueira. Por isso o exame oftalmológico anual, preventivo, é fundamental para detecção e tratamento precoce. Em geral, o tratamento é realizado por meio de colírios, mas quando o tratamento clínico não apresenta resultados satisfatórios, a cirurgia torna-se uma opção.

Existem outros tipos de glaucoma, como por exemplo:

- Congênito: presente no nascimento, os recém-nascidos apresentam globos oculares aumentados e córneas embaçadas. O tratamento é cirúrgico.

- Secundário: ocorre após cirurgia ocular, catarata avançada, uveítes, diabetes, traumas ou uso de corticoides.

Saiba mais em: www.eyefocusoftalmologia.com/glaucoma

0 visualização

(11) 32624470

(11) 95607-3783

©2019 by Eyefocus Oftalmologia. Proudly created with Wix.com