• Dra Alyne Gabrielly Borges Corrêa

Meu filho está piscando muito! Será que é "tique"?

Essa é uma pergunta bem frequente no consultório de Oftalmopediatria.



O ato de piscar nada mais é que um reflexo para lubrificar os nossos olhos.

Qualquer alteração na frequência ou na intensidade do piscar pode estar relacionado a algum problema oftalmológico.


Quando a criança não está conseguindo enxergar bem ela pode começar a piscar numa frequencia maior e por vezes até comprimir os olhos numa tentativa de focar. Dificilmente a criança verbaliza o fato de não estar conseguindo ver adequadamente, e muitas vezes o seu comportamento é que nos dá algum indício de que algo não vai bem.


Outra situação bem frequente é quando, além de piscar mais e com uma intensidade maior, a criança começa a fazer movimentos oculares não usuais, o que por vezes assusta bastante os pais. Normalmente esses quadros vêm acompanhados de coceira nos olhos, lacrimejamento, sensibilidade aumentada à luz, e podem estar associados a um quadro de alergia ocular.


Não podemos esquecer também das situações em que as crianças passam muito tempo em frente à TV e eletrônicos. Nesse caso, a criança esquece de piscar e os olhos ficam ressecados durante o tempo em que ela esteve nesse tipo de atividade. O resultado é um aumento do reflexo de piscar para compensar esse ressecamento momentâneo.


Em resumo, antes de dizer que o seu filho está com "tique nervoso", é necessário uma avaliação oftalmológica completa e minuciosa para descartar problemas oculares, certo?

(11) 32624470

(11) 95607-3783

©2019 by Eyefocus Oftalmologia. Proudly created with Wix.com